31.12.13

Mais Uma Página: retrospectiva 2013 - parte II

Hoje a retrospectiva vai ser focada nas minhas leituras de 2013!

Nas minhas andanças pela net descobri o blog Pensamento Tangencial, que traz um questionário para quem quiser fazer sua retrospectiva. Dei uma customizada nas perguntas para que elas ficassem mais com a minha cara e vou mostrar o resultado pra vocês agora. Então, vamos ao que interessa!


Ao todo foram 55 livros lidos (esses da imagem acima).
 
O melhor livro que li em 2013: tive a felicidade de ler vários livros incríveis esse ano, mas o livro que quase vez meu coração parar em vários momentos durante a leitura, com certeza, foi A Tormenta de Espadas, do gênio, divo e muso George R. R. Martin.

O melhor livro nacional: esse ano conquistei algumas parcerias com autores para o blog e gostaria de citar todos aqui. Maaas, como não quero trapacear, destaco, como o melhor nacional que li em 2013, Cisne, da Eleonor Hertzog. Estou morrendo de curiosidade para ler Linhagens e descobrir o que anda acontecendo com os Melborne...

A saga que me conquistou: desde que comecei a ler distopias, este se tornou um de meus gêneros preferidos. E entre tantos sucessos distópicos que surgiram esse ano, uma trilogia me conquistou definitivamente: Divergente, de Veronica Roth. Os livros têm tudo que eu gosto, desde muita ação a um romance sem muito mimimi. Ganhou meu coração.

O livro que me fez refletir:
eu relutei muito pra ler A Culpa é das Estrelas, de John Green, porém, quando li, foi uma experiência incrível. Ele me fez entender que a vida deve ser vivida da melhor forma possível, não importando se o seu infinito será maior ou menor que o dos outros...

O livro que me decepcionou: infelizmente esperei muito de A Livraria 24 Horas do Mr. Penumbra, de Robin Sloan, e a história se mostrou chata e sem muito do que a sinopse do livro prometia. A maior decepção do ano, sem dúvidas.
 
O livro que me surpreendeu: eu já esperava muito de O Nome do Vento, tanto porque ele foi indicado por George Martin (aquele que é gênio, divo e muso), mas Patrick Rothfuss conseguiu me surpreender positivamente entregando uma história complexa, bem escrita e muito melhor do que minhas altas expectativas esperavam.

O livro mais criativo:
Reino das Névoas, da autora parceira do blog, Camila Fernandes, merece esse título pelo simples fato de ter transformado os inocentes contos de nossa infância em histórias sangrentas e interessantíssimas para adultos. E adultos com o estômago forte, em alguns casos...

A capa mais bonita:
não estou levando em conta os lançamentos desse ano, mas sim, minhas leituras, ok? Então, entre os livros que li, a capa mais linda é a de Delírio, de Lauren Oliver. Ela é metalizada e traz um rosto, que imagino ser da Lena, escondido por trás do título. Agora já me acostumei, mas no começo do ano eu ficava pegando o livro toda hora para admirar a capa.
 
A frase que não saiu da minha cabeça: "Guerra é paz. Liberdade é escravidão. Ignorância é força.", do livro 1984, de George Orwell.

O(a) personagem do ano: meu Deus, que dúvida cruel! Olha, juro que tentei, mas não consigo me decidir entre Kvothe (A Crônica do Matador do Rei) e Quatro (Divergente). Kvothe é o personagem mais bem desenvolvido que já vi na vida. Quatro é o boy-magia-sonho-de-consumo de 12 entre 10 mulheres. Então eles vão ter que dividir esse título aí de personagem do ano e ponto final.
 
O casal perfeito: Hazel e Gus. Acho que não precisa de explicação, né?!
 
O(a) autor(a) revelação: a maior revelação, pelo menos pra mim, foi Cassandra Clare. Juro que esperava muito menos de Instrumentos Mortais e adorei a história de Jace (porque a história é mais dele do que da Clary). Agora quero ler a outra série da autora também. 


Gostaram das minhas escolhas? Concordam comigo ou vocês elegeriam outras histórias?

Aproveitando que é o último dia do ano eu quero agradecer a presença de todos aqui, seja diariamente, seja de vez em quando. Espero que vocês se sintam tão bem visitando o meu cantinho como eu me sinto em recebê-los aqui! :)

Agora chega de internet porque 2014 tá ai e a gente precisa comemorar!

Feliz ano novo pessoal!
Que em 2014 estejamos todos juntos e lendo muuuuito!

16 comentários:

  1. Não conheço todos, mas seus comentários me pareceram justos.
    Me deram até umas dicas de leitura... ;)
    E as categorias, então? Muito legal.

    casarvore.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. AAAAAAAAH DIVERGENTE <3 Amei, amei *---*
    Hazel e Gus são o casal perfeito mesmo *---*
    E Cisne é demais! Estou terminando ele e é um dos melhores nacionais que já li.
    Beijos,

    Letícia

    Veja minha retrospectiva: http://www.odomdaescrita.com.br/2013/12/retrospectiva-literaria-2013.html

    ResponderExcluir
  3. Adoro essa TAG! Alguns dos livros que você leu eu também já li, como ACEDE, e O Teorema, sugiro que você tente mais um pouco do John Green em 2014 (Cidades de Papel, Will & Will...). Gosto muito de distopias, então "Delírio" e "Divergente" são sagas que vou tentar ler ano que vem. Algumas pessoas elogiaram bastante "A Livraria 24 horas do Mr. Penumbra", e a capa é encantadora, mas já para você foi decepcionante, espero que eu leia e goste.
    Também li em 2013 a trilogia Jogos Vorazes! E quero muito ler 1984, ah, tente também em 2014 "A Revolução dos Bichos", também do George Orwell. Abraço! Feliz 2014, e ótimas leituras, beijão!

    Meu blog: http://blogliterariopalavrasaovento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse ano quero ler Deixe a Neve Cair, que o John Green fez em parceria com outros autores, Samuel. Se der, tb quero ler Cidades de Papel. A Revolução dos Bichos é outro que vou fazer o possível para ler esse ano! Gostei demais da escrita de Orwell!

      Excluir
  4. Concordo com você em casal perfeito. Fiquei muito interessada em ler cisnei, porém ainda não tive essa chance, fiquei com mais vontade ainda depois que você citou ele
    http://ancorandoomundo.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cisne é um ótimo nacional, Yasmin, vc precisa ler!

      Excluir
  5. Adorei sua retrospectiva, também li A Culpa É Das Estrelas e é um livro lindo mesmo!

    Beijos, Lari.
    Reinventar
    Fan Page

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem resenha dele aqui no blog, Larissa. Se te interessar, dá uma olhada lá!

      Excluir
  6. Oii Flor *_*
    Gostei muito da sua lista de retrospectiva, tbm li Divergente em 2013 e sim o QUATRO é tudo e mais um pouco *_*
    Adorei seu blog, beijão !
    Vivý Phany
    Blog: http://vivyphany.blogspot.com.br/ (retribuo comentários e sigo de volta).

    ResponderExcluir
  7. Uau vc leu vários livros ótimos, tbm amei A Tormenta de Espadas!

    Beijos,
    Lara - whoisllara.com

    ResponderExcluir
  8. Cisne, o melhor nacional?! Autora e personagens não cabem em si de tanta satisfação!
    Obrigada pela leitura e pelo entusiasmo, Michelly! Espero que continue acompanhando essa turma em Linhagens!
    Beijos, em nome de toda a tripulação de Cisne!
    Eleonor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O melhor nacional, siiiim! E muito merecido!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...